sábado, 30 de outubro de 2010

Mistério de uma Morte

Postado por Michele Carvalho às 21:52
Em um dia escuro, de noite esplendorosa,
onde a chuva forte caia la fora,
noite gelada, fria e escura,
onde o vento soprava forte pela rua.

O clima estava frio e congelante,
quando do nada, houvesse um barulho gritante.
Seria uma batida de carro talvez?
Um assassinato depois das seis?

Era mais de duas da madrugada,
era em uma sexta-feira, fria e molhada,
quando do nada, houvesse la fora, gritos de espanto,
com o passar dos minutos, houvesse a policia,
e logo após, se um corpo debaixo de um manto.

Era um corpo pálido, seria de uma mulher talvez?
pela janela de um quarto, aquele fato era observado pela primeira vez.
A vitima teria sido morta pelo marido talvez?
Ou por um cara, que ela tinha discutido momentos antes do acontecido?

Pingo por pingo, a chuva ainda caia,
e lavava a rua enquanto o sangue escorria.
As pessoas estavam abismadas, e a policia corria
enquanto as evidencias eram sendo recolhidas.

Dias depois, em um ditoso dia que estava ensolarado,
onde as nuvens no céu passeavam la no alto.
Houvesse cochichos e mais cochichos, sobre aquele fato
falando sobre o que tinha acontecido.
o suicídio, mais como assim suicídio?

Diziam que não era um assassinato, e sim um suicídio.
Pois havia um bilhete que pela falecida havia sido escrito,
e ela havia pedido que fosse entregue a Luidio.
E na carta havia as seguintes palavras:
" De um amor triste que vivia por você eu morri, pois toda minha vida
dei a ti, minha vida acabou assim sendo que um suicídio cometi. "

Diziam os boatos que ela era vaidosa, e um amor ela guardava.
Mais porem nada adiantava para nada,
pois tudo o que ela tinha, tudo o que ela amava,
não era correspondido e por isso nada mais importava.
E esse foi mais um triste fim de alguém que alguém amava.

Amar é tão bobo, tão desonesto, tão sincero
tão forte, tão amargurante, tão lindo,
mais nem sempre acontece o que se espera
e por isso as vezes ninguém se alegra
mais amar é isso é Viver é Morrer.

M.Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário

 

My Life Unpleasant Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei